08 agosto 2010

a tua pele

«Adoro a tua pele; uma pele como hálito, móvel e doce. Quando te toco, a tua pele estremece duas vezes [...].» 
Jeanette Winterson, A Menina do Farol.


Sem comentários:

Enviar um comentário